Estudos IVV - ViniPortugal

Leia aqui estudo sobre o Espumante

FÓRUM ANUAL VINHOS DE PORTUGAL 2016

Consulte a Agenda Vinhos de Portugal 2016

INFORMAÇÃO AO SECTOR IVV / VINIPORTUGAL

Conheça aqui os Resultados!

Detalhes Notícia

50 GRANDES VINHOS APRESENTADOS NA ALEMANHA

Press Release ViniPortugal  - Alemanha 30-05-2014

O Master Sommelier alemão Hendrik Thoma revela a sua selecção de 50 Grandes Vinhos Portugueses para o mercado alemão nos próximos dias 02 e 04 de Junho em Frankfurt e em Hamburgo. Eleito três vezes Sommelier do Ano e vencedor de vários concursos Hendrik Thomas foi a personalidade escolhida para encabeçar o lançamento da iniciativa no mercado alemão orientada pelo sucesso alcançado no Reino Unido, Estados Unidos e Brasil. Na Alemanha a apresentação abrangerá duas cidades, sendo primeiro realizada em Frankfurt no Kameha Suite Taunusanlage 20, e depois em Hamburgo, no dia 04 de Junho, a partir das 11h30, no Atlantic Kempinski Hotel An der Alster 72-79.

Aumentar a notoriedade e reforçar o conhecimento dos Vinhos de Portugal no mercado alemão é o objectivo prioritário desta iniciativa projectada para cativar a atenção do público consumidor, trade e líderes de opinião para o vinho português. A Alemanha é o 7º destino da exportação dos vinhos portugueses, muito relevante em termos de exportação, pois é consumidor de vinho europeu. 

Na visita a Portugal Hendrik Thoma teve oportunidade de degustar mas de 400 vinhos e elogiou o  “Excelente trabalho feito pelos vinhos portugueses de há vinte anos a esta parte.” Considerando ser “ impressionante o aumento de qualidade e a individualidade dos vinhos portugueses” e aconselhando “Mais pessoas têm que experimentar e conhecer os vinhos portugueses. Há vinhos de qualidade internacional em todas as gamas de preço. E há vinhos portugueses para todas as ocasiões.”

O Master Sommelier pensa que “A aposta portuguesa na internacionalização tem que passar pela individualidade dos seus vinhos – há que fugir do mainstream. Do tipo de vinhos indiferenciados está o mercado cheio.” Destacando que “Na Alemanha a chave para o crescimento dos vinhos portugueses é apostar na criação de uma presença física, para que os consumidores possam encontrar e interagir com os vinhos portugueses. Na Alemanha, os vinhos portugueses ainda são um nicho, mas têm um potencial enorme de crescimento.”

No que refere às exportações para o mercado alemão Hendrik Thoma deixa um conselho “Portugal deve apostar na exportação, utilizando as castas indígenas, como a Touriga e o Alvarinho, como porta-estandarte da variedade enorme de sabores que as várias regiões de um país aparentemente pequeno consegue oferecer ao mundo.”