Estudos de Mercado

Leia aqui estudo sobre o Espumante

Fórum Anual Vinhos de Portugal 2019

Consulte a Agenda Vinhos de Portugal 2019

INFORMAÇÃO AO SECTOR IVV / VINIPORTUGAL

Conheça aqui os Resultados!

Detalhes Notícia

Químico encontrado no vinho tinto poderia ajudar a tratar a depressão e a ansiedade

Outras Notícias  - Estados Unidos América 2019-08-01

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Buffalo, um composto químico de origem vegetal encontrado no vinho tinto poderia ajudar na redução da depressão e ansiedade.

Presente na pele e sementes de uvas vermelhas, o composto químico resveratrol  está associado a uma série de benefícios para a saúde e está também a ser considerado como um suplemento para manter os astronautas em forma no espaço (https://www.thedrinksbusiness.com/2019/07/redwine-could-hold-key-to-keeping-mars-astronauts-fit/).

Publicado na revista Neuropharmacology (https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S002839081930139X?via%3Dihub ) no início deste mês, o estudo foi conduzido por Ying Xu MD PhD, professor associado de pesquisa na Faculdade de Farmácia e Ciências Farmacêuticas da Universidade de Buffalo, ao lado de Xiaoxing Yin PhD, professor na  Universidade de Medicina de Xuzhou, na China.

Aprofundando pesquisas anteriores que descobriram que o resveratrol possui propriedades antidepressivas, o novo estudo identificou a relação do composto com a fosfodiesterase 4 (PDE4), uma enzima influenciada pela hormona do stress corticosterona.

Responsável por regular a resposta do corpo ao stress, a corticosterona pode aumentar devido ao stress excessivo que resulta na acumulação da hormona no cérebro e potencialmente o desenvolvimento de depressão ou outros transtornos mentais como consequência.

Actualmente, os antidepressivos concentram-se na função da serotonina ou noradrenalina no cérebro, com apenas um terço dos pacientes com depressão entrando em remissão completa em resposta a esses medicamentos.

Inibindo a expressão de PDE4, o resveratrol apresentou efeitos neuroprotectores contra a corticosterona.

Ying Xu, MD, PhD, disse: "O resveratrol pode ser uma alternativa eficaz para medicamentos para o tratamento de pacientes que sofrem de depressão e transtornos de ansiedade. ”